Segunda-Feira, 18 de Dezembro de 2017
Prefeito Lauro Michels quer acabar com seus direitos e diz que “está te protegendo”?

Prefeito Lauro Michels disse hoje (21), em Jornal da região que  as mudanças que pretende fazer no Estatuto dos Funcionários  “protegem o BOM FUNCIONÁRIO” 

Nós, Funcionários Públicos Municipais de Diadema queremos saber: diminuir salário, retirar direitos, dificultar o cuidado com a saúde de seus familiares, piorar sua saúde e acabar com a qualidade do serviço público em Diadema, protegem quem, Senhor Prefeito? Será que para o Senhor Prefeito funcionário bom é funcionário sem direito?

Veja o que está ‘jogo’ com as mudanças que o Prefeito LAURO MICHELS quer empurrar ‘goela’ abaixo para o funcionalismo municipal: 

- Para ter direito a quarta parte no salário, o funcionário terá que trabalhar 25 anos ao invés de 20 como atualmente. 

- O adicional por tempo de serviço (biênio) que é de 3% a cada 2 anos passa para 3% a cada 3 anos, e pior limitado a 30% (10 triênios). 

- A licença médica para cuidar de pessoa doente na família muda: atualmente os vencimentos são integrais até 30 dias, a proposta do Prefeito é que sejam apenas por 15 dias, e que fique sem remuneração a partir do 46 (quadragésimo sexto) dia, e não com 90 (noventa) dias como está garantido atualmente.

- A funcionária adotante perderá o direito a licença, que hoje é de 180 dias para adoção de crianças até 7 anos. 

- Licença para tratar de assuntos particulares passa de 2 anos para apenas 6 meses, e fica proibida para quem estiver em estágio probatório. 

- Não terá mais direito a licença prêmio o funcionário que tiver, falta injustificada, e afastamento por motivo de doença na família por mais de 45 dias. 

- As férias serão reduzidas a 20 dias quando o funcionário tiver 5 faltas injustificadas e com mais de 5 faltas, perde o direito a férias. 

- Durante as férias o funcionário perde o direito de receber gratificações e complementos de jornada.

- Também perdem as férias os funcionários que tirarem licença para tratamento médico de familiar por mais de 45 dias.

- A representação sindical deixa de ser até 8 funcionários, para, no máximo, 3 servidores. 

- As faltas abonadas, direito do trabalhador pois refere-se ao dia 31 dos meses que tem e não são pagos, poderão ser requeridas apenas 1 por bimestre e apenas se Funcionário não tiver utilizado faltas justificadas ou injustificadas no bimestre anterior. 

- O/a Funcionário/a em Estágio Probatório não terá direito a Falta Abonada.

O Prefeito está mexendo na vida de quem, com muito trabalho e suor, luta todos os dias por uma Diadema melhor!!

Em ASSEMBLEIA realizada nesta última 5ª. feira, dia 19 de outubro, na Câmara Municipal de Diadema, a categoria disse “NÃO” e rejeitou a proposta de revisão do Estatuto dos Funcionários Públicos de Diadema apresentada pela Administração Municipal. 

VAMOS À LUTA ! 
NENHUM DIREITO A MENOS! 

DIA 26 DE OUTUBRO TEM PARALISAÇÃO! 

Concentração às 09 horas no Sindema e às 13 horas na Câmara Municipal.


Imprimir   Enviar para um amigo

Comentários

*Nome:
*Email:

*Comentário:

Seja o primeiro a comentar!

Vídeos
Estação