Segunda-Feira, 18 de Dezembro de 2017
Atenção Servidores/as: dia 30 de novembro tem Assembleia no Sindema para deliberar sobre adesão dos/as trabalhadores/as Municipais de Diadema à Greve Nacional do dia 05/12.

Atenção Servidores/as: dia 30 de novembro tem Assembleia no Sindema para deliberar sobre adesão dos/as trabalhadores/as Municipais de Diadema à Greve Nacional do dia 05/12.

A CUT e demais centrais - Força Sindical, UGT, CTB, Nova Central, CSB, Intersindical, CGTB e CSP-Conlutas – decidiram realizar, no dia 5 de dezembro, uma Greve Nacional em Defesa da Previdência e dos Direitos.

A nova proposta de desmonte da Previdência Social apresentada pelo governo do ilegítimo Michel Temer (PMDB-SP) e que deve ser votada no dia 6 de dezembro, é mais perversa que a anterior. E, ao contrário da propaganda do governo, não corta privilégios, como as altas aposentadorias dos parlamentares, ataca apenas os direitos conquistados ao longo da história pelo conjunto da classe trabalhadora. 
Os servidores públicos também estão na mira do ilegítimo Temer. O tempo mínimo de contribuição para que os servidores tenham direito à aposentadoria será de 25 anos, com o valor correspondente a 70% da média salarial.

As regras atuais possibilitam aos servidores públicos que entraram em 2012 o direito de receber até o valor integral de seu salário. Com as regras previstas na proposta reciclada do governo, para o servidor/a atingir o valor integral, que passará a ser o teto do INSS, de R$ 5.531,31 -, terá de contribuir por 40 anos.

Participe da Assembleia, dia 30 de novembro, às 18 horas, no Sindema. Vamos à Luta em defesa dos nossos direitos!

Com informações da CUT Nacional.


Imprimir   Enviar para um amigo

Comentários

*Nome:
*Email:

*Comentário:

Seja o primeiro a comentar!

Vídeos
Estação