Sexta-Feira, 23 de Agosto de 2019
Sobra Insegurança e Faltam Condições de Trabalho na Prefeitura de Diadema

Insegurança

A cada dia que passa chega mais relatos de servidores/as sobre o aumento das situações de insegurança nos equipamentos públicos municipais. Professores/as chegam para lecionar e tem os carros roubados ao adentrar no estacionamento das Escolas, servidores/as da Saúde são assaltados dentro das UBSs/ CAPS/ Hospital e Pronto Socorro, trabalhadores/as da Assistência Social são ameaçados/as e roubados/as dentro dos próprios municipais. Constantemente os Equipamentos Municipais tem sido alvo de roubo de fiações e equipamentos, como foi o caso recente do Quarteirão da Saúde.

Condições de Trabalho

Pesa ainda sobre os/as servidores/as municipais, além dos graves problemas de segurança, a falta de condições de trabalho, situações que colocam em risco, cotidianamente, a vida dos/as trabalhadores/as municipais.

Saúde

Nos Equipamentos 24 horas da Saúde, faltam leitos, roupas de cama, material de higiene para os pacientes internados, as camas hospitalares estão em péssimo estado de conservação e quebradas, faltam cadeiras de roda adequadas para o transporte de pacientes, faltam macas e carrinhos adequados para a distribuição da alimentação para os enfermos, faltam equipamentos adequados e em funcionamento para a esterilização de materiais  e exames como Tomografia e Ressonância estão sendo realizados em casos de urgência, em outras unidades como Hospital Estadual do Serraria. Nas UBSs a realidade não é diferente: falta papel higiênico, material de limpeza, gazes para curativos, agulha para a coleta de sangue, medicação na farmácia e as impressoras não funcionam, falta até caneta. No SAMU, um andar inteiro está interditado após o desabamento do telhado. No Centro de Controle de Zoonoses, o armazenamento e descarte de materiais tóxicos vencidos em locais impróprios e inadequados ameaçam a saúde dos/as servidores.

Defesa Social

A Guarda Civil de Diadema várias denúncias foram feitas, inclusive por jornais da região, de que a maioria dos guardas está com o porte de armas vencido, metade da frota está parada por falta de manutenção, a comunicação entre a corporação estava sendo feita por meio de aplicativos de conversa devido ao sistema de rádios comunicadores ter ficado fora do ar e armas de choque (tasers) estão vencidas há quatro anos.

Para os Guardas Civis Patrimoniais faltam rádios de comunicação e muitas vezes até uniformes.

Obras, Transporte e Meio Ambiente

Na Secretaria de Obras, Transporte e Meio Ambiente, trabalhadores/as são transportados/as de forma inadequada em caminhões que os/as expõe ao risco de graves acidentes. Faltam Equipamentos de Proteção Individual (botas, luvas, capacetes entre outros).

Educação

Na Educação, Agentes de Cozinha tem feito “vaquinha” para comprar as toucas que são obrigadas a utilizar para o manuseio e preparo de alimentos. Tem Escola Municipal que não tem geladeira para armazenar alimentos perecíveis! Nas creches, os/as profissionais se depararam com a falta de material de higiene pessoal, como sabonete líquido, luvas e toalha de papel. As brinquedotecas e bibliotecas são mantidas com materiais doados por professores/as e pais. Para realizar a limpeza adequada, em várias escolas diretores/as e agentes de serviços compram material de limpeza. Falta folha de sulfite e até giz!

Tem problema por todo lado!

Banheiros, refeitórios, cozinhas, consultórios, salas de aula, quadras, pátios externos em condições precárias, com vazamentos de água, tetos desabando, paredes esburacadas, fiações elétricas antigas e em péssimas condições de conservação, expõem servidores/as a situações de risco constante em grande parte dos equipamentos municipais. Na Escola Municipal Zilda Gomes, por exemplo, duas salas de aula estão interditadas desde março por conta das chuvas.

Os/as trabalhadores/as municipais e população não podem ser penalizadas pelos problemas de gestão da Prefeitura de Diadema! Nossa luta por melhores condições no trabalho é também para oferecer um atendimento de qualidade, que é direito da população, em todos os serviços municipais desta cidade. Vamos exigir respeito e condições de trabalho adequadas!


Imprimir   Enviar para um amigo

Comentários

*Nome:
*Email:

*Comentário:

Seja o primeiro a comentar!

Vídeos
Estação
Click
X