Quinta-Feira, 27 de Janeiro de 2022
Direção distribui última edição do Jornal do Sindicato e cartilha contra assédio moral

Em todo mês de outubro e no início do mês de novembro, a direção do Sindicato dos Funcionários Públicos de Diadema esteve em diversos locais de trabalho, em equipamentos da Cultura, Educação e Saúde, entre outros, para distribuir a última edição do Jornal do Sindicato.

Num caráter especial, o impresso traz informações sobre a luta contra a reforma administrativa (PEC 32) e as mobilizações das e dos agentes comunitários de Saúde e de combate a endemias, acordo coletivo da campanha salarial, plano de lutas da Saúde, mobilizações e vitórias contra a terceirização da gestão na Saúde, atendimento psicológico, e plenária da Educação.

Esta semana, além de distribuir o Jornal do Sindicato, as diretoras e diretores do Sindema também distribuíram uma cartilha contra a prática de assédio moral, que foi produzida em parceria com alunos do curso de Psicologia da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo que são estagiários no Sindicato dos Funcionários Públicos de Diadema.

A cartilha sobre assédio moral no trabalho é dirigida aos trabalhadores da Prefeitura de Diadema e a todos aqueles interessados no tema. Ela busca divulgar e orientar sobre o assédio moral no ambiente de trabalho considerando que o conhecimento poderá propiciar ambientes saudáveis.

A iniciativa do Sindema reforça o compromisso institucional de valorizar as relações éticas no trabalho e intervir nas situações que causam adoecimentos. O material resulta das conversas e pesquisas com alunos do curso de Psicologia da PUC-SP durante o primeiro se[1]mestre de 2021.

Esta cartilha apresenta conceitos e informações sobre o assédio moral no trabalho e se sustenta no conceito de trabalho decente, presente na agenda da Organização Internacional do Trabalho, visando promover o respeito aos direitos no trabalho e a eliminação de todas as formas de discriminação em matéria de emprego e ocupação, bem como a ampliação da proteção social.

Se compreende o assédio moral no trabalho como um fenômeno de dimensões amplas relacionadas às políticas organizacionais, aos modelos de gestão e de organização do trabalho e até mesmo aos aspectos subjetivos e interpessoais. Resulta, portanto, de condições de trabalho precarizadas e relações degradadas.

Esta iniciativa faz parte de uma campanha permanente do Sindema contra o assédio moral dentro da Prefeitura de Diadema. Para acessar o conteúdo completo da cartilha, clique aqui.


Imprimir   Enviar para um amigo

Comentários

*Nome:
*Email:

*Comentário:

Seja o primeiro a comentar!

Vídeos